A Mulher no Casamento, Segundo Juan Verdaguer

Juan Verdaguer foi um ator de cinema e TV, músico e humorista nascido no Uruguai e criado na Argentina.

Teve uma carreira internacional com passagens pelo Chile, Estados Unidos, México e Brasil, onde se apresentou no Cassino da Urca durante algum tempo.

Verdaguer era conhecido pelo estilo ácido de seu humor e faleceu aos 85 anos, em 2001.

Leia a série de piadas sobre sua relação no casamento:

1) Sempre que saio com minha esposa, andamos de mãos dadas.
Se eu solto, ela começa a fazer compras.
2) Ela têm uma batedeira elétrica, uma torradeira elétrica, uma máquina de fazer pão elétrica.
Um dia ela me disse:

– “Caramba, temos um monte de aparelhos elétricos e não temos onde sentar…”
Pensei em comprar uma cadeira elétrica, mas me contive… Afinal ela é a mãe dos meus filhos.
3) Eu me casei com a senhora “Eu Tenho Razão”. Só que não sabia que o sobrenome dela era “Sempre”.
4) Há 18 meses não falo com ela. É que não quero interrompe-la.
5) Tenho que admitir que nossa última discussão foi culpa minha.
Quando ela me perguntou:
– “O que você está vendo na TV?”,
eu respondi:
– “Bastante pó. Você deveria limpar”. 
6) No princípio, D-us criou o mundo e descansou. Criou o homem e descansou. Depois criou a mulher…
Desde então nem o mundo, nem o homem e nem D-us tiveram mais descanso.
7) Um dia nossa máquina de cortar grama estragou. Minha esposa me enchia a paciência dando a entender que eu deveria consertá-la. De minha parte sempre acabava tendo coisas para fazer, como lavar o automóvel, terminar um relatório, enfim, coisas que para mim pareciam mais importantes.
Um dia ela encontrou um jeito bem sutil de me convencer. Quando cheguei em casa, a encontrei agachada na grama, que estava muito alta, cortando-a com sua tesourinha de costura.
Isso me tocou a alma… Me emocionei… Decidi entrar em casa e depois de alguns minutos voltei com a escova de dentes dela. Eu a entreguei e me ocorreu dizer:
– “Quando terminar o gramado, podia também varrer a calçada…”
Depois daquilo não lembro de mais nada. Me deu um branco. Os médicos dizem que voltarei a andar, mas mancarei o resto da vida…
O casamento é uma relação entre duas pessoas na qual uma sempre tem razão e a outra é o marido.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *