Não confunda…

Contam que essa aconteceu quando Curitiba ainda tinha as três estações (Rodoviária, Ferroviária e Inverno).

O sujeito chegou na velha Rodoviária e comprou passagem para voltar para sua cidade, Telêmaco Borba.

Cansado por ter trabalhado o dia todo, logo que foi anunciado o embarque entrou no ônibus, acomodou-se na poltrona e adormeceu.

A certa altura o ônibus parou e, sonolento, ouviu a voz do motorista:
– “Apucarana, 20 minutos para lanche.”

Percebendo que alguma coisa estava errada, acordou de vez e perguntou ao vizinho de poltrona:
– “Que história é essa? Apucarana? Eu quero ir para Telêmaco Borba!”
– “Estamos indo para Paranavaí, o senhor deve ter pego o ônibus errado” – respondeu o homem.

Desceu, entrou na lanchonete e foi tirar satisfação com o motorista, que confirmou a informação do outro passageiro.

Nosso amigo, cheio de razão, insistiu que havia lido, ao lado da porta, o nome da cidade de destino.

Voltando para o ônibus, percebeu a confusão que havia feito. Estava escrito:
TOALETE A BORDO.”

One thought on “Não confunda…

  • Avatar
    Hélio Azevedo de Castro

    E eu, que fui Gerente Geral da Caixa Econômica Federal em Telêmaco Borba durante 5 anos – de 1980 a 1985, e tenho dois filhos nascidos lá? O engraçado era quando alguns colegas de outros estados ligavam e perguntavam: é da agência Teléco Barbosa? É da agência Telemáco Borda? É da agência Telêco Borba? E assim por diante…

    Responder

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *