O Avô, os Três Netos Judeus e o Sapo

Três garotinhos, David, Henry e Alan, entraram em férias, e os pais os mandaram passar algum tempo com os avós.

Um dia, David, o menino mais velho, foi até o avô e perguntou:
– “Você pode fazer um som como um sapo, Zeide?” (*) 

O avô, de mau humor, respondeu:
– “Não, David, eu realmente não quero fazer o som de um sapo agora”.

Então Henry, o garoto do meio, foi ao encontro do avô e pediu:
– “Zeide, por favor, faça um som como um sapo!”

Estranhando o segundo neto pedir a mesma coisa, o idoso disse:
– “Não Henry, não vou fazer isso agora. Eu realmente não quero. Não estou com um humor para brincadeiras.”

Aí foi a vez do caçula, Alan, ir falar com o avô:
– “Zeide, por favor, por favor, por favor,  faça um som como um sapo!”

A essa altura, o avô, já perdendo a paciência, quis saber:
“Porque todos vocês meninos estão com essa mesma conversa? Que história é essa de eu fazer um som como um sapo?”

E o pequeno respondeu, com com um olhar esperançoso no rosto:
– “É que a mãe disse que só quando você começar a coaxar nós vamos para a Disney World!”

(*) Zeide é a expressão iídiche para avô.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *