Para Quem, Como Eu, Começa a Ficar “Esquecidinho”

Não ria.

Se você já passou dos 60 (ou dos 70, como é meu caso) e não apresentou aqueles lapsos de memória acerca dos quais a gente costuma ler ou fazer piada, considere-se um afortunado.

Te uns tempos para cá parece que um botão foi desligado na minha memória imediata (existe isso?) e tem sido bem frequente eu me deparar com situações que levam a “cansar o corpo porque a cabeça não funciona”, como dizia-se antigamente.

Bom, para quem está nessa fase, e para os que não querem entrar nela é que a matéria abaixo é destinada. 

Ela foi publicada hoje no blog Aleteia:

O pequeno hábito que vai deixar sua mente mais afiada

Em algum momento nos últimos anos, percebi que meu cérebro estava ficando confuso. Não confuso de um modo médico preocupante, apenas muito menos afiado do que costumava ser. Eu tinha alguns momentos de clareza em um dia ou semana que me faziam perceber o quão confuso meu pensamento era o resto do tempo.

E eu queria mudar isso. Eu queria tomar melhores decisões e lembrar de todas as coisas que preciso comprar na mercearia. Eu queria ser capaz de me concentrar melhor e ter mais clareza no meu dia. Eu queria ser capaz de tornar meu ponto de vista mais claro para as pessoas. E quanto mais eu trabalho em minha mente agora – estudos mostram isso – mais claramente eu posso pensar no futuro.

Então, há uma pequena coisa que comecei a fazer que ajudou muito. E foi descobrir o poder de escrever as coisas. Não estou falando apenas de escrever notas no meu celular. Mas, em vez disso, pegar uma caneta e papel e escrever à mão o que quero dizer e lembrar. Escrever as coisas nos ajuda com o que os pesquisadores chamam de “efeito de geração” – quando você processa e produz informações por conta própria, você as retém melhor do que apenas lendo-as. [Confira um pouco da ciência por trás de escrever as coisas].

Se você quiser experimentar, aqui estão as coisas que achei útil escrever para manter minha mente afiada:

Cartas – correio tradicional

Você sabe, o tipo de carta que você coloca no papel e envia pelo correio com um carimbo. Isso não apenas ajuda você a lembrar quais coisas compartilhar de sua semana ou mês, mas faz com que a pessoa que a recebe se sinta amada e tenha tempo para escrever e enviar uma resposta.

Listas de prós e contras

Vai tomar uma decisão? Está pensando em algo grande? Anote o que você está pensando. Inclua os possíveis resultados – bons e ruins – da decisão em questão.

As pequenas coisas

Listas de compras. Cartões de aniversário. Tomar notas em reuniões no trabalho. Tomar notas em conferências ou palestras que você frequenta. Anote sua agenda para a semana em uma agenda ou caderno de papel. Pendure um calendário na parede para registrar e fazer referência a seus planos.

Suas emoções

Se você está passando por um momento difícil, isso é especialmente útil. Processar seus aborrecimentos, sua mágoa, sua raiva, seu pesar, por meio da escrita, é terapêutico. Mas você não precisa se concentrar em suas emoções negativas. Anote as coisas boas que acontecem a cada dia em sua vida, não importa quão pequeno seja. Comece um diário de gratidão que você pode olhar no final de cada ano.

Observações de saúde

Quer perder ou ganhar peso? Quer acompanhar o que está comendo ou como se sente depois de comer? Anote. Uma coisa é tentar comer melhor, mas ter um registro visual do que você realmente fez todos os dias pode te ajudar a mudar o jogo e pode fornecer muitas informações úteis.

Não apenas escrever as coisas ajudará a manter sua mente afiada agora e no futuro, mas lhe dará uma razão para desacelerar um pouco todos os dias. Isso fará com que você gaste mais tempo fazendo algo concreto em vez de passar mais tempo digitando. E o ato de escrever à mão ajudará você a praticar alguma disciplina e se concentrar em um mundo de constantes distrações e multitarefas.

Para ler a matéria no blog, clique aqui.

One thought on “Para Quem, Como Eu, Começa a Ficar “Esquecidinho”

  • Avatar
    Marcos Guelmann

    Muito obrigado, algumas coisas ja faço, porem tenho que me aperfeiçoar, abracos primo querido

    Responder

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *