René Simões Profetizando Sobre Neymar em 2010: “Estamos Criando Um Monstro”

Após ter publicado há poucos dias um artigo acerca do Neymar, lembrei de outra postagem feita tempos atrás, quando mencionei o que o técnico René Simões falou sobre ele há muitos anos.

Fui em busca da publicação de 25/6/2018 – há quase um ano, portanto, e resolvi reeditá-la.  

Trata-se de vídeo gravado em 15/9/2010 em Goiânia (GO), após o jogo do Atlético Goianense, então treinado pelo Renê Simões, contra o Santos, time de Neymar.

Na partida o técnico do Santos, Dorival Junior, impediu Neymar de cobrar pênalti, o que gerou uma reação irada do jogador.

O então iniciante xingou o treinador e discutiu com Edu Dracena, companheiro de time. Na sequencia Dorival Junior foi demitido do clube.

Ainda sobre Neymar, vale a pena ler o que sobre o jornalista André de Leones disse sobre ele em seu Blog Pelé Calado em 22/06/2018, após o jogo Brasil 2 X 0 Costa Rica: 

“Mas vi Neymar (aparentemente) indo às lágrimas ao final do jogo, ajoelhado no meio do gramado, e pensei: não. Não compro o choro. Não compro o ídolo. Não compro a falta de postura, a carência de profissionalismo, a falsidade, as molecagens, o desrespeito para com o árbitro, os adversários, os companheiros e os torcedores. Mesmo que vença a Copa, esta ou a próxima, esta e a próxima, Neymar ainda é e será um sintoma flagrante do que “brota e domina” por aqui, o produto moralmente falho de um não-país, a quintessência de uma geração de chorões e descompensados. Craque de futebol, é só. Tire o uniforme e as chuteiras e só restará um vácuo, a pura presentificação daquele abandono. Pobre demais. Paupérrimo.”

As palavras de Renê Simões soaram proféticas e vale a pena ouvi-las.

 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *