Reunião do Sindicato em Israel

O sindicato de trabalhadores de uma estatal israelense estava em greve há 15 dias.

Após uma reunião com as autoridades da área, o diretor comunicou os resultados aos associados:
– “Camaradas, fechamos um novo acordo com a administração. Não trabalharemos mais cinco dias por semana.”

A multidão aplaudiu:
– “Viva!”

E ele continuou:
– “E terminaremos o trabalho às 3 da tarde, e não mais às 4 da tarde.”

Mais uma vez a massa vibrou:
– “Muito bem!”

As boas notícias não pararam aí:
– “Começaremos a trabalhar às 9 da manhã, não às 7 da manhã.”

Os gritos foram ensurdecedores, e o diretor continuou informando as melhorias:
– “E com a promessa de término da greve teremos um aumento salarial de 150%.”

Parecia que o salão viria abaixo com os gritos dos associados, quando o dirigente deu a última notícia:
– “Como eu disse, não trabalharemos mais cinco dias. Nós só vamos trabalhar às quartas-feiras.”

Silêncio, até que uma voz bem lá de trás perguntou: 
– “Toda quarta-feira?”

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *