Ano após ano, um dia para lembrar

Hoje a tarde cumpri o ritual que repito ano após ano desde 7 de fevereiro de 1965, quando meus pais e minhas duas irmãs faleceram em acidente rodoviário.

No 55º aniversário da morte deles, estive no Cemitério Israelita da Água Verde para visitar seus túmulos.

Aproveitei para ir também aos locais onde estão sepultados avós, bisavós, outros familiares e amigos.

A foto abaixo, tirada no Bar-Mitzvá de meu irmão Gilson, em outubro de 1964, é uma das últimas onde aparece toda a família.

Gilce Guelmann, nascida em 16/05/1956;
Gisele Guelmann, nascida em 19/03/1953;
Selda Guelmann, nascida em 16/02/1925; e
Isaac Guelmann, nascido em 19/02/1923. 

Na foto também estamos Gilberto, meu irmão mais velho, o Gilson, mais novo, e eu.

 

 

One thought on “Ano após ano, um dia para lembrar

  • Avatar
    lupercio

    Profundos sentimentos de solidariedade, Sr Guelman . Na minha família perdi primos e irmão em acidentes, sei o que significa. Um forte abraço. Baruch Hashem.

    Responder

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *