Proposta Indecente (à Moda Judaica)

Um dia antes do casamento com a filha de um patrício muito rico, Salomão foi chamado pelo pai da noiva para uma conversa.

O sogro sabia que o futuro genro não era muito chegado ao trabalho e lhe fez uma proposta:
“Bom, meu jovem, quero te dizer que como presente de casamento vou te dar sociedade num dos meus negócios. Acabei de comprar uma grande empresa e quero saber em que setor você prefere trabalhar. Que tal a Contabilidade?”

Espantado, o rapaz respondeu:
“Contabilidade? Eu mal sei somar dois mais dois!”
“E na área de TI, pode ser?” – perguntou o sogro.

O noivo disse:
“Não tenho a menor queda por TI. Imagine que até pouco tempo eu achava que PC significava ‘Politicamente Correto’. Não vai dar certo.”

A essa altura o sogro estava confuso e, sem saber o que fazer com o vadio que ia casar com a filha, fez mais uma tentativa:
“Quer trabalhar no Departamento Comercial?”

E Salomão, confirmando a reputação, falou:
“Olha, meu sogro. Se o senhor quer o bem da sua filha e o meu, porque simplesmente não me compra?”


Foto: Unsplash

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *