Samuel, o Barman e o Sapo

Samuel entrou num bar e perguntou ao barman se ganharia uma cerveja de graça caso fizesse uma demonstração verdadeiramente inacreditável.

O homem estava acostumado a lidar com as excentricidades dos clientes e divertia-se com as loucuras que eles faziam para ganhar uma cerveja.

Trabalhando há muito tempo no balcão do bar, quase sempre achava que os desafios valiam uma cerveja. Como gostou do jeito do freguês, aceitou a proposta na hora.

Samuel então abriu uma pequena mala, tirou um sapo e um hamster e os colocou no balcão. Imediatamente o sapo começou a pular e a cantar uma canção de um musical da Broadway de muito sucesso.

O dono do bar ficou maluco e disse:
“Você não vai ganhar só a cerveja. Vou te dar mil dólares pelo sapo.”

Dito isso, serviu a cerveja, entregou o dinheiro ao Samuel e pegou o sapo, enquanto dizia, com cara de esperto:
“Você sabe que podia ter pego muito mais dinheiro pelo sapo, não?”

Samuel respondeu:
Claro que sei. Sapos são fáceis de conseguir. O difícil é o hamster, que é ventríloquo.”

One thought on “Samuel, o Barman e o Sapo

  • Avatar
    ISAAC ALFON CAGY

    PRECISAMOS MANTER VIVO NOSSAS TRADIÇÕES E CULTURA

    Responder

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *